Notícias e Mídia

You are here

Especialista em segurança na internet recomenda o Club Penguin
1º de março de 2007

 

Kelowna, British Columbia - Uma empresa de consultoria internacional responsável pelo treinamento da polícia no Canadá, Estados Unidos e Reino Unido recomenda o Club Penguin (www.clubpenguin.com) como uma experiência online divertida e segura para as crianças.

 

Desde 1997, a DM Toddington and Company Ltd. vem fornecendo suporte de inteligência avançada para a Internet e serviços de treinamento para uma série de autoridades e agências policiais na América do Norte e Europa.

 

“Alguns de nossos programas especializados de treinamento lidam com técnicas e tecnologias usadas por criminosos online para vitimar crianças, e expomos nosso pessoal a algumas imagens chocantes que podem ser acessadas facilmente na internet,” explica David Toddington, ex-policial e fundador da DM Toddington and Company Ltd..

 

Em busca de uma alternativa positiva para todos esses aspectos negativos da internet, Toddington recorreu aos seus próprios filhos, que o apresentaram ao Club Penguin, um mundo virtual onde os visitantes brincam com joguinhos e assumem a forma de pingüins coloridos.

 

Toddington passou algum tempo explorando o site e ficou tão impressionado que entrou em contato com o Club Penguin para incorporar o site aos programas de treinamento de sua empresa.

 

“Muitas vezes os pais recorrem aos policiais para saber que site seus filhos podem visitar e ainda ficarem em segurança. Ensinar nossos alunos sobre o Club Penguin, e deixá-los explorar a ilha e o jogo, foi um verdadeiro oásis num tipo de curso que pode abalar muito emocionalmente. Além disso, apresentamos a eles mais uma alternativa que podem sugerir aos pais,” afirma Toddington.

 

“Proporcionar sossego e segurança aos pais e responsáveis tem sido uma prioridade da equipe desde o primeiro momento. Na verdade, investimos a maior parte dos recursos da nossa empresa em nosso esforço contínuo para tornar o Club Penguin mais seguro. Assim, quando um grupo de policiais especializados em segurança na internet elege o Club Penguin como um destino online seguro para as crianças, não é nada mal!,” comenta Lane Merrifield, CEO e co-fundador do Club Penguin.

 

O Club Penguin emprega várias táticas para garantir a segurança de seus usuários.

 

Quando os pais ou responsáveis fazem o registro da criança no Club Penguin, podem escolher entre dois tipos de bate-papo diferentes. Bate-papo SuperSeguro os usuários podem se comunicar escolhendo frases de um menu pré-definido de saudações, perguntas, comentários, emoticons e ações.

 

Bate-papo Seguro permite que os usuários digitem suas próprias mensagens, que passam por um sofisticado filtro de palavras que bloqueia palavras, frases ou códigos inapropriados ou questionáveis.

 

Além disso, moderadores ao vivo monitoram o que está acontecendo no mundo virtual e lidam com qualquer denúncia de comportamento inadequado. Os jogadores que não obedecem às regras podem ser banidos.

 

O Club Penguin também segue uma política rigorosa de privacidade e não permite anúncios publicitários de terceiros.

 

“Além de estarmos cansados de ver tanto marketing que têm as crianças como alvo, também não temos anúncios devido à questão da segurança,” explica Merrifield. “São necessários apenas alguns cliques em um link em um site para crianças para levá-las a outro site que pode ser totalmente inadequado para esse público.”

 

O Club Penguin foi criado para jogadores entre seis e 14 anos de idade, mas é aberto a todas as idades. O usuário não paga nada para jogar, mas para aproveitar outras possibilidades desse mundo virtual, como comprar roupas ou decorar um iglu, é preciso ter uma assinatura.

 

Para maiores informações, entre em contato com:

clubpenguinmedia@disney.com